Coleções de livros de bolso no Brasil: notas sobre a Biblioteca Universal Popular

  • Ana Elisa Ribeiro Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais. Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens, (Brasil)
  • Sérgio Karam Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Programa de Pós-Graduação em Letras, (Brasil)

Resumen

Estão em foco, neste trabalho, ao menos dois elementos da edição importantes para a compreensão dos modos de produção e circulação dos livros no Brasil: as noções de “livro popular” e de “livro de bolso”, ambas estreitamente relacionadas entre si e também a estratégias de produção e venda, formatos, design e certos gêneros, aqui no sentido de gêneros literários ou gêneros “de livraria”. Trataremos aqui, para fins de discussão conceitual, mas também para uma análise de práticas editoriais, da Biblioteca Universal Popular, coleção de livros de bolso publicada no país entre 1963 e 1968 pela Editora Civilização Brasileira, uma das mais importantes casas editoriais em atividade naquele momento. Outro aspecto relevante do presente estudo é a recomposição do catálogo da referida coleção, que representa uma das muitas tentativas de editoras brasileiras de acercar-se ao mercado dos livros de bolso por meio da edição de livros de baixo custo e ampla circulação. A coleta e a organização das informações aqui elencadas deram-se com base em consultas a bibliotecas particulares e a diversos sites, especialmente o acervo on-line da Fundação Biblioteca Nacional e a Estante Virtual.

Palabras clave:

Biblioteca Universal Popular, Editora Civilização Brasileira, Produção editorial, Livros de bolso, Coleções

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Citas

Referências

Calasso, R. (2014). La marca del editor. Barcelona: Anagrama.

Carvalho, M. M. C. e Almeida Toledo, M. R. (2004). A coleção como estratégia editorial de difusão de modelos pedagógicos: o caso da Biblioteca de Educação, organizada por Lourenço Filho. In I Seminário Brasileiro Sobre Livro E História Editorial, Rio de Janeiro, Casa de Rui Barbosa, Anais... 8 a 11 nov.

Castro, C. A. (2005). Produção e circulação de livros no Brasil: dos jesuítas (1550) aos militares (1970). Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, 10(20), 92-103. Recuperado de https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2005v10n20p92/305

Chartier, R. (2004). Leituras e leitores na França do Antigo Regime. São Paulo: Editora Unesp.

Correio da Manhã. (1963). Recuperado de http://memoria.bn.br/DocReader/089842_07/42005.

El Far, A. (2006). O livro e a leitura no Brasil. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Faria, M. I. e Pericão, M. G. (2008). Dicionário do livro. Da escrita ao livro eletrônico. São Paulo: Edusp.

García Canclini, N. (2013). Culturas híbridas. Estratégias para entrar e sair da modernidade. São Paulo: Edusp.

Hallewell, L. (2005). O livro no Brasil. Sua história. São Paulo: Edusp.

Larraz, F. (2009). Política y cultura. Biblioteca contemporánea y Colección Austral, dos modelos de difusión cultural. Orbis tertius, 14(15), 1-11. Recuperado de https://www.orbistertius.unlp.edu.ar/article/view/OTv14n15d01

Sánchez Ortega, J. J. (2013). La modalidad paratextual: teorías y aplicaciones narratológicas en la confección del libro de bolsillo (I). Philologica Urcitana: revista semestral de iniciación a la investigación en filología, 9, 103-129. Recuperado de http://repositorio.ual.es/handle/10835/3026

Satué, E. (2004). Aldo Manuzio. Editor. Tipógrafo. Livreiro. O design do livro do passado, do presente e, talvez, do futuro. Cotia, SP: Ateliê Editorial.

Souza, W. E. R. e Crippa, G. (2014). A diversificação e popularização do livro e o surgimento e desenvolvimento de coleções de bolso no Brasil. Revista FAMECOS, 21(1), 186-207. Recuperado de http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistafamecos/article/view/14486/11330
Publicado
2020-04-10
Cómo citar
Ribeiro, A. E., & Karam, S. (2020). Coleções de livros de bolso no Brasil: notas sobre a Biblioteca Universal Popular. Palabra Clave (La Plata), 9(2), e084. https://doi.org/10.24215/18539912e084
Sección
Dossier: Catálogos y colecciones editoriales en Latinoamérica: abordajes teóricos, históricos y materiales, coordinado por María Eugenia Costa (UNLP) y Marina Garone Gravier (UNAM)