A relação entre Gestão da Informação e Gestão Documental na Arquivologia: mapeamento do tema em publicações científicas brasileiras

Resumen

 Apresenta um estudo sobre a presença do tema da gestão da informação em artigos de temáticas arquivística. O objetivo é identificar como a comunidade científica tem tratado a existência de interface entre as duas áreas no que se refere à presença de elementos da gestão da informação, preconizada pela ciência da informação, em relação às atividades específicas da gestão documental. Como procedimento metodológico, foi um levantamento de bibliografia produzida ao longo das últimas duas décadas (1997-2017) por pesquisadores brasileiros sobre o tema gestão documental visando identificar, dentre os trabalhos elencados, quantos tratam o tema da gestão da informação, central ou subsidiariamente, e de que forma esses temas são tratados. Como resultados, foram identificados 21 artigos divididos em três categorias de análise, que demonstram o estado das discussões sobre a relação entre gestão da informação e gestão documental.

Descargas

Los datos de descarga aún no están disponibles.

Citas

Aganette, E. C., Teixeira, L. M. D., e Almeida, M. B. (2015). A prática arquivística e a gestão do conteúdo organizacional: relato de experiência em empresa do setor energético. Tendências da pesquisa brasileira em ciência da informação, 8(1), 85-105. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/18591

Anna, J. S. (2015). O arquivista como gestor de recursos informacionais: uma reflexão acerca dos novos modelos de gestão. Ágora, 25(51), 77-100. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/17930

Arquivo Nacional (2005). Dicionário brasileiro de terminologia arquivística. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional.

Buckland, M. K. (1991). Information as thing. Journal of the American Society for Information Science (JASIS), 45(5), 351-360.

Calderon, W. R., Cornelsen, J. M., Pavezi, N., e Lopes, M. A. (2004). O processo de gestão documental e da informação arquivística no ambiente universitário. Ciência da informação, 33(3), 97-104. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/30466

Carvalho, E. L. O., e Longo, R. M. J. (2002). Informação orgânica: recurso estratégico para tomada de decisão pelos membros do conselho de administração da UEL. Informação & informação, 7(2),113-133. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/1399

Cornelsen, J. M., e Nelli, V. J. (2006). Gestão integrada da informação arquivística: o diagnóstico de arquivos. Arquivística.net, 2(2), 70-84. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/4445

Cruz Mundet, J. R., e Mikelarena Peña, F. (2006). Información y documentación administrativa. Madrid: Editorial Tecnos.

Davenport, T., e Prusak, L. (2003). Conhecimento empresarial. Como as organizações gerenciam o seu capital intelectual. Rio de Janeiro: Elsevier.

Fidelis, M. B., Ferreira, J. S., e Lima, M. J. C. (2013). The information flow in hospitals and a document management. Ágora, 23(47), 99-117. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/15030

Gomes, A. L. C. A., e Nogueira, D. G. P. (2016). Informação e memória no tribunal de contas da união (1970-2004). Informação & informação, 21(3), 306-326. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/23042

Jardim, J. M. (1998). A produção de conhecimento arquivístico: perspectivas internacionais e o caso brasileiro (1990-1995). Ciência da informação, 27(3), 1-10. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/5838

Jardim, J. M. (2004). Governo eletrônico, gestão da informação e exclusão informacional. Arquivo & Administração, 3(1/2), 13-21. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/9859

Jardim, J. M. (2013). A implantação da lei de acesso à informação pública e a gestão da informação arquivística governamental. Liinc em revista, 9(2), 383-405. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/22862

Lima, E. S., e Flores, D. (2016). A utilização do ICA-AtoM como plataforma de acesso, difusão e descrição dos documentos arquivísticos de instituições públicas. Informação & informação, 21(3), 207-227. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/23043

Lopes, L.C. (1996). A informação e os arquivos: teorias e práticas. Niterói/RJ: Eduff; São Carlos: EDUFSCar.

Meireles, M. R. G. A., Rocha, D. M., e Cendón, B. V. (2012). Avaliação da implantação de uma tecnologia para gerenciamento de documentos como ferramenta do processo de gestão da informação. Revista ACB: biblioteconomia em Santa Catarina, 17(2), 332-348. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/12003

Nascimento, M. S., e Vitoriano, M. C. C. P. (2017). O estudo da produção documental e a memória organizacional em ambientes empresariais. Em Questão, 23(1), 202-227. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/22532

Nathansohn, B. M. (2013). Um estudo sobre o processo de tomada de decisão política para a ação de inteligência: a possibilidade de gestão da informação arquivística. Perspectivas em gestão & conhecimento, 3(2), 280-299. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/14007

Nonaka, I., e Takeuchi, H. (1997). Criação do conhecimento nas empresas. Rio de Janeiro: Elsevier, Campus.

Oliveira, I. G. S. C., Souza, A. P., e Duarte, E. N. B.(2013). Informação e conhecimento no contexto organizacional: o olhar do arquivista. Perspectivas em gestão & conhecimento, 3 (esp), 95-108. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/13625

Ponjuán Dante, G. (2004). Gestión de información: dimensiones e implementación para el éxito organizacional. Rosario: Nuevo Paradigma.

Rodrigues, A. M. R. L. (2006). A teoria dos arquivos e a gestão de documentos. Perspectivas em ciência da informação, 11(1) 102-117. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/3782

Roncaglio, C., Szvarça D. C. R., e Bojanoski, S. F. T (2004). Arquivos, gestão de documentos e informação. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, 10(esp2), 1-13 Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/1350

Rousseau, J. Y., e Couture, C. (1998). Os fundamentos da disciplina arquivística. Lisboa: Publicações Dom Quixote.

Sena, J. M. E., e Mello Filho, L. L. O. (2014). A informação arquivística e a gestão de documentos: uma abordagem estratégica. Informação arquivística, 3(1), 83-94. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/18262

Sequeira, J. P., e Lopes, J. P. (2012). Gestão de documentos: de recursos desperdiçados a valor. Perspectivas em gestão & conhecimento, 2(2), 122-133. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/12278

Silva, A. M. M. (2009). Arquivologia e gestão da informação/conhecimento. Informação & sociedade: estudos, 19(2), 47-52. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/7561

Silva, W. A., e Santos, P. K. de (2007). Gestão de documentos: uma política arquivística capaz de contribuir com um programa de inteligência competitiva. Arquivística.net, 3(2), 78-102. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/5193

Sousa, R. T. B. de, e Araújo Júnior, R. H. (2013). A classificação e a taxonomia como instrumentos efetivos para a recuperação da informação arquivística. Ciência da informação, 42(1), 131-144. Recuperado de http://www.brapci.ufpr.br/brapci/v/a/20866

Valentim, M. L. P., e Gelinski, J. V. V. (2006). Gestão do conhecimento corporativo. Em M. L. P. Valentim (org.), Informação, conhecimento e inteligência organizacional (pp. 115-132). Marília: Fundepe Editora.
Publicado
Oct 9, 2017
Cómo citar
Pazin Vitoriano, M. (2017). A relação entre Gestão da Informação e Gestão Documental na Arquivologia: mapeamento do tema em publicações científicas brasileiras. Palabra Clave (La Plata), 7(1), e038. doi:10.24215/18539912e038
Sección
Dossier: Gestión de la información: dilemas y perspectiva

Palabras clave

Gestão da Informação, Gestão de documentos, Arquviologai