Estudos métricos da informação em periódicos do Portal SciELO: visibilidade e impacto na Scopus e Web of Science

  • Juliana Lazzarotto Freitas Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp/Marília)
  • Fábio Sampaio Rosas
  • Sandra Edith Miguel

Resumen

Objetiva analisar a visibilidade dos periódicos que publicam pesquisas sobre estudos métricos da informação, a partir de indicadores de impacto presentes nas bases indexadoras Scopus e Web Of Science (WOS). Os periódicos selecionados representam o domínio de estudos métricos da informação na base SciELO e estão presentes nas outras referidas bases, das quais foram extraídos seus respectivos indicadores de citação. Identifica o número total de publicações de cada periódico e o número total de suas publicações relacionadas aos estudos métricos (EMI) no período de 2009 a 2013, e o número total de citações recebidas por cada periódico e suas citações aos artigos de EMI na janela temporal 2009-2016, evidenciando a média de citação por periódicos, áreas e países, na temática e geral. Logo após, compara as medidas de citação desses artigos, dadas pelo SJR da Scopus e pelo JCR da Web of Science (WOS), apontando as revistas, áreas e países com maior impacto na temática e no geral. Conclui-se que, a maioria das revistas obtiveram maior quantidade de citações na Scopus em detrimento à web of Science, sugerindo maior visibilidade na primeira para os artigos que tratam de estudos métricos. Situação semelhante ocorre quando se considera toda a produção científica das revistas e suas citações recebidas, em relação ao impacto geral que apresentam. Em termos relativos, observa-se que, em ambas as bases, as revistas de Ciências Sociais Aplicadas apresentam o maior percentual de artigos sobre EMI em detrimento às revistas de outras disciplinas. Por fim, considera que as políticas de indexação na base Scopus são responsáveis por sua cobertura mais ampla e pela maior visibilidade de seus periódicos, que estão disponíveis em diferentes idiomas. 

Descargas

Los datos de descarga aún no están disponibles.

Biografía del autor

Juliana Lazzarotto Freitas, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp/Marília)
Graduada em Gestão da Informação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Mestre em Ciência, Gestão e Tecnologia da Informação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Marília, SP, Brasil. Bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

Citas

Alves, V. (2016). SciVerse Scopus & avaliações bibliométricas. Apresentação de treinamento Elsevier. Recuperado de http://www.ci.uff.br/ppgci/arquivos/bibliometria%20SciVerse%20Scopus.pdf.

Bornmann, L., y Hans-Dieter, D. (2008). What do citation counts measure?: a review of studies on citing behavior. Journal of Documentation, 64(1), 45-80. doi: 10.1108/00220410810844150

Cabrini Grácio, M.C., y Tannuri de Oliveira, E.F. (2012). A inserção e o impacto internacional da pesquisa brasileira em 'estudos métricos': uma análise na base Scopus. Tendências da Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação, 5(1), 1-19. Recuperado de http://hdl.handle.net/11449/114791

Elsevier. (2007). News - América Latina, 03. Recuperado de http://www.loja.elsevier.com.br/bibliotecadigital/news_dez07/pdf/edicao03_1210.pdf

Glänzel, W., y Schoepflin, U. (1994). Little scientometrics - Big scientometrics and beyond. Scientometrics, 30(2-3), 375-384. doi: 10.1007/BF02018107

Hicks, D., Wouters, P., Waltman, L., de Rijcke, S. y Rafols, I. (2015). The Leiden Manifesto for research metrics. Nature, 520, 429-431. Recuperado de http://www.ingenio.upv.es/manifiesto

Jacsó, P. (2010). Comparison of journal impact rankings in the SCImago Journal & Country Rank and the Journal Citation Reports databases. Online Information Review, 34(4), 642-657. doi:10.1108/14684521011073034

Lu, K. y Wolfram D. (2010) Geographic characteristics of the growth of informetrics literature 1987-2008. Journal of Informetrics, 4(4), 591-601. doi: 10.1016/j.joi.2010.06.008

Machado, R. N. (2007). Análise cientométrica dos estudos bibliométricos publicados em periódicos da área de biblioteconomia e ciência da informação (1990-2005). Perspectivas em Ciência da Informação, 12(3), 2-20. doi: 10.1590/S1413-99362007000300002.

Meneghini, R., y Paker, A. (2010). The extent of multidisciplinary authorship of articles on scientometrics and bibliometrics in Brazil. Interciencia, 35(7), 510-514.

Miguel, S., y Dimitri, P. (2013). La investigación en Bibliometría en la Argentina: quiénes son y qué producen los autores argentinos que realizan estudios bibliométricos en Bibliometría. Información, Cultura y Sociedad, 29, 117-138. Recuperado de http://revistascientificas.filo.uba.ar/index.php/ICS/article/view/677

Mugnaini, R. (2006). Caminhos para adequação da avaliação da produção científica brasileira: impacto nacional versus internacional. (Tese de Doutorado). Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil. doi: 10.11606/T.27.2006.tde-11052007-091052

Nicolaisen, J. (2007). Citation Analysis. Annual Review of Information Science and Technology, 41(1), 609-641. doi: 10.1002/aris.2007.14404101

Osca Lluch, J., Miguel, S., González, C., Peñaranda-Ortega, M., y Quiñones-Vidal, E. (2013). Cobertura y solapamiento de Web of Science y Scopus en el análisis de la actividad científica española en psicologia. Anales de Psicología, 29(3), 1025-1031. doi: 10.6018/analesps.29.3.154911

Patra, S.K., Bhattacharya, P., y Verma N. (2006). Bibliometric Study of Literature on Bibliometrics. Bulletin of Information Technology, 26(1), 27-32. doi: 10.14429/dbit.26.1.3672

Porcaro, R M. (2005). Indicadores da sociedade atual - informação, conhecimento, inovação e aprendizado intensivos. A perspectiva da OECD. Data Grama Zero: Revista de Ciência da Informação, 6(4). Recuperado de http://www.datagramazero.org.br/

San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA). (2012). Recuperado de http://www.ascb.org/dora/

Rosas, F.S., y Freitas, J.L. (2016). Produção científica em Estudos Métricos da Informação em periódicos presentes nas bases SciELO e Scopus. En 5° Encontro Brasileiro de Bibliometria e Cientometria (EBBC). São Paulo: USP.

Schoepflin, U., y Glänzel, W. (2001). Two decades of Scientometrics: An interdisciplinary field represented by its leading journal. Scientometrics, 50(2), 301-312. doi: 10.1023/A:1010577824449

Tannuri de Oliveira, E.F. (2011). Análise de domínio em “Estudos Métricos” no Brasil: produção, impacto e visibilidade em âmbito nacional e internacional. 2013. (Tese de Livre Docência). Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Marília-SP, Brasil.

Vieira, E.S. (2013). Indicadores bibliométricos de desempenho científico: estudo da aplicação de indicadores na avaliação individual do desempenho científico. (Tese de Doutorado). Universidade do Porto, Porto, Portugal.
Publicado
Apr 27, 2017
Cómo citar
Lazzarotto Freitas, J., Sampaio Rosas, F., & Miguel, S. (2017). Estudos métricos da informação em periódicos do Portal SciELO: visibilidade e impacto na Scopus e Web of Science. Palabra Clave (La Plata), 6(2), e021. doi:10.24215/PCe021
Sección
Artículos

Palabras clave

Indicador de citação; Impacto; Visibilidade; Produção Periódica Científica; Estudos Métricos da Informação.